Voyager 1 e 2 ainda estão fortes depois de 40 anos

Este mês marca quatro décadas desde que a nave espacial pioneira da Nasa se dirigiu para visitar os gigantes gasosos.

Lançado em 1977, a Voyager 1 e a Voyager 2 viajaram mais longe da Terra do que qualquer outro objeto artificial na história e permanecem totalmente operacionais, apesar de 40 anos de viagem pelo espaço.

Sua missão original de visitar os quatro gigantes gasosos foi possível graças a uma configuração planetária rara que acontece apenas uma vez a cada 175 anos – uma oportunidade que a NASA não conseguiu perder.

Além de revelar esses mundos enormes com mais detalhes do que qualquer um já visto antes, as duas sondas retornaram uma riqueza de dados, não apenas sobre os planetas, mas também sobre suas luas.

“Eu acredito que poucas missões podem corresponder às conquistas da nave espacial Voyager durante suas quatro décadas de exploração”, disse Thomas Zurbuchen, da direção da missão científica da NASA.

“Eles nos educaram para as maravilhas desconhecidas do universo e humanidade verdadeiramente inspirada para continuar explorando nosso sistema solar e além”.

Deixe seu comentário!