Voyager 1 dispara propulsores dormentes

A Nasa ativou os propulsores de respaldo da sonda interestelar icônica pela primeira vez em 37 anos.

Lançada em 1977, tanto a Voyager 1 como a Voyager 2 viajaram mais longe da Terra do que qualquer outro objeto artificial na história e permanecem operacionais apesar de 40 anos de viagem pelo espaço.

Agora, em um esforço renovado para manter a Voyager 1 em execução por mais alguns anos, a NASA disparou seus propulsores de backup pela primeira vez desde que a sonda passou por volta de Saturno até 1980.

A espaçonave ainda usa a Rede do Espaço Profundo para se comunicar com a Terra e para receber instruções, o que significa que sua antena precisa ser regularmente ajustada para manter contato.

Infelizmente, os propulsores de controle de atitude da Voyager estão desgastando ao longo dos últimos anos e já não funcionam de forma eficaz, tornando difícil apontar a antena para a Terra.

A decisão de usar os propulsores de backup poderia estender a missão por mais 2 a 3 anos.

“O clima foi de alívio, alegria e incredulidade depois de testemunhar esses propulsores funcionarem como se nenhum tempo tivesse passado”, disse Chris Jones, da JPL.

Deixe seu comentário!