Startup de Harvard quer reverter o envelhecimento em cães

Uma nova empresa está planejando rejuvenescer os cães com o objetivo final de tentar a mesma coisa em seres humanos.

Co-fundado por George Church, da Harvard Medical School, o Rejuvenate Bio já realizou testes preliminares em Beagles e afirma que pode tornar os cães “mais jovens”.

A técnica envolve a adição de novas instruções ao DNA em seus corpos – algo que já foi tentado em vermes no laboratório com resultados promissores.

A empresa pretende oferecer tratamentos de redução de idade para cães como um trampolim para eventualmente oferecer terapias similares aos humanos.

A visão é permitir que as pessoas vivam até a idade de 130 anos, mas com a saúde e o corpo de uma pessoa de 22 anos.

“Nós já fizemos um monte de testes em camundongos e estamos fazendo alguns em cães, e depois vamos passar para os humanos”, disse Church. “Cães são um mercado em si mesmos.”

“Não é apenas um grande organismo próximo aos humanos. É algo que as pessoas vão pagar, e o processo do FDA é muito mais rápido”.

“Nós vamos fazer ensaios com cães, e isso será um produto, e isso vai pagar pela ampliação em testes em humanos.”

Deixe seu comentário!