Radiação sobre a Europa vem da Rússia?

Uma nuvem inexplicável de partículas de Ruthenium-106 foi detectada na Europa em setembro e outubro.

Segundo as autoridades nucleares francesas, a nuvem radioativa que foi detectada em vários países europeus no início deste ano provavelmente veio de um acidente nuclear que ocorreu entre o rio Volga e os montes dos Ursos no final de setembro.

As concentrações detectadas de partículas de Ruthenium-106 não foram suficientes para prejudicar a saúde humana, porém a área ao redor do local do acidente precisaria ser evacuada.

De acordo com o diretor do IRSN, Jean-Marc Peres, as autoridades russas negaram qualquer conhecimento de um acidente nuclear em seu território.

“Ruthenium-106 é usado como fonte de radiação em terapia de câncer para o tratamento de tumores oculares”, disse um porta-voz do Escritório Federal de Radiação da Alemanha.

“O rutênio também pode ocorrer durante o reprocessamento de elementos de combustível nuclear”.

Deixe seu comentário!