Pesquisadores da Austrália criam motor híbrido diesel-hidrogênio

Uma equipe de engenheiros da Universidade de New South Wales (UNSW) em Sydney, Austrália, tem desenvolvido um motor híbrido diesel-hidrogênio que pode ajudar a descarbonizar algumas das indústrias mais pesadas da Austrália.

A equipe conseguiu modificar com sucesso um motor diesel convencional para usar uma mistura de hidrogênio e uma pequena quantidade de diesel e afirmam que a tecnologia patenteada reduziu as emissões de CO2 em mais de 85%.


A tecnologia consiste em um sistema de injeção direta de hidrogênio que é instalado nos motores a diesel existentes e pode ser aplicado a qualquer motor convencional.

90% do combustível no motor híbrido diesel-hidrogênio da UNSW é hidrogênio, mas deve ser aplicado de maneira cuidadosamente calibrada.

Se o hidrogênio não for introduzido na mistura de combustível no momento certo, “criará algo explosivo que queimará todo o sistema”, explica o Professor Shawn Kook, líder da equipe de pesquisa.

A equipe acredita que qualquer caminhão a diesel e máquinas elétricas nos setores de mineração, transporte e agricultura podem ser equipadas com o novo sistema híbrido em apenas alguns meses.

O objetivo é que o híbrido funcione com uma mistura de hidrogênio-diesel ou, na ausência de hidrogênio, reverta apenas para diesel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like
Saiba mais

Anticoncepcionais engordam?

Muitas mulheres fazem uso do anticoncepcional, seja para não engravidar, ou então para controlar a menstruação e principalmente…