Peixe mais profundo do mundo foi encontrado a 7.966 metros para baixo

Uma nova espécie de caracol extremamente profunda foi encontrada nas profundezas da Trincheira Mariana.

Descoberta quase cinco milhas abaixo da superfície, esse peixe fantasma é cerca de duas vezes o comprimento de um charuto e tem uma pele tão translúcida que é possível ver seus órgãos internos.

Nessas profundidades, a pressão é tão extrema que é como ter o peso equivalente de um elefante inteiro pressionando cada centímetro quadrado de seu corpo inteiro.

Abaixo desta profundidade, a pressão torna-se tão esmagadora que pode até desestabilizar as proteínas.

A nova espécie, Pseudoliparis swirei, recebeu o nome de um oficial a bordo do HMS Challenger, que descobriu milhares de novas espécies durante uma expedição na década de 1870.

“Nós batizamos este peixe em reconhecimento das tripulações que serviam em navios de pesquisa oceanográfica”, disse Mackenzie Gerringer, um colega de pós-doutorado na Universidade de Washington.

“É preciso muita gente para manter um navio em funcionamento e queremos agradecer”.

Deixe seu comentário!