Pássaro minúsculo tem uma mordida mais poderosa que um T. rex

Libra por libra, o grande pintassilgo de Galápagos tem uma mordida 320 vezes mais forte que o Tyrannosaurus rex.

Em um novo estudo, os cientistas usaram um supercomputador para calcular a força de mordida de 434 aves, répteis e mamíferos diferentes – vivos e mortos – em um esforço para determinar qual era o mais forte. 


Notavelmente, o vencedor acabou por ser uma espécie despretensiosa de finch nativa das Ilhas Galápagos, que, apesar de pesar apenas 33g, pode lançar impressionantes 70 newtons de força. 

Na natureza, a ave usa sua mordida super forte para quebrar nozes e esmagar sementes. 

“A imagem do T. rex com suas mandíbulas ferozes ajudou a tornar-se o mais icônico dos dinossauros, mas nossa pesquisa mostra que sua mordida não foi digna de nota”, disse o líder do estudo, Dr. Manabu Sakamoto. 

“A força da mordida não foi o que deu ao T. rex sua vantagem evolutiva, como se presumia anteriormente”.

“Grandes predadores como o T. rex poderiam gerar força de mordida suficiente para matar suas presas e esmagar ossos apenas por serem grandes, não porque tivessem uma mordida desproporcionalmente poderosa.” 

“Isso contraria a idéia de que uma necessidade excepcionalmente forte de uma mordida poderosa levou essas antigas feras a evoluir forças de mordida que esmagam os ossos.”

Deixe seu comentário!