Objeto do sistema solar distante ‘Farout’ foi descoberto

Os astrônomos identificaram o objeto mais distante conhecido em nosso sistema solar a uma distância de 11 bilhões de milhas.

Conhecido formalmente como 2018 VG18, este pequeno mundo gelado está situado 120 vezes mais longe do Sol do que a Terra e leva algo em torno de 1.000 anos para completar uma única órbita.

Foi descoberto por Scott S Sheppard, David Tholen e Chad Trujillo – três astrônomos que no início deste ano também descobriram outro planeta menor conhecido como The Goblin .

Identificar esses objetos distantes é um passo importante para encontrar o evasivo Planeta X – um planeta ainda não descoberto que existia em algum lugar do sistema solar externo.

“2018 VG18 é muito mais distante e mais lento do que qualquer outro objeto do sistema solar observado, então levará alguns anos para determinar completamente sua órbita”, disse Sheppard.

“Mas foi encontrado em um local similar no céu aos outros objetos extremos do sistema solar, sugerindo que poderia ter o mesmo tipo de órbita que a maioria deles faz.”

“As semelhanças orbitais mostradas por muitos dos corpos pequenos e distantes conhecidos do sistema solar foram o catalisador para nossa afirmação original de que há um planeta distante e massivo em várias centenas de unidades astronômicas que pastoreiam esses objetos menores.”

O Farout é considerado esférico, com cerca de 500 km de diâmetro e composto principalmente de gelo.

Também é provável que existam inúmeros outros objetos por aí, apenas esperando para serem encontrados.

Deixe seu comentário!