Lua é muito mais úmida do que se pensava

Dados de satélite revelaram que há água presa em toda a superfície da Lua, não apenas nos pólos.

Uma nova análise de dados de satélite, coletados pelo instrumento Layer Mineralogy Mapper, a bordo da sonda Chandrayaan-1, da Índia, indicou que a superfície da Lua está coberta por “hotspots” de água presa sob a superfície lunar em depósitos de antigas erupções vulcânicas.

As descobertas são importantes, pois podem ajudar os cientistas a entender melhor como a Lua se formou, além de fornecer novas informações sobre sua estrutura interna e campo magnético.

A presença de água também pode ser inestimável durante futuras missões tripuladas.

“O primeiro recurso que as pessoas vão procurar quando vão além da Terra é a água”, disse o cientista planetário da Universidade Aberta, Mahesh Anand.

“Você pode pousar muito mais facilmente na região equatorial da lua e, se houver um depósito de água nas proximidades ou possibilidade de extração de água, isso também se torna uma proposta atrativa”.

Deixe seu comentário!