Descoberta lagarta que come plástico

Uma espécie de lagarta conhecida por comer cera dentro de colmeias também parece comer sacos de plástico.

Conhecida como Galleria mellonella, a espécie é geralmente considerada como uma espécie de praga, devido à sua propensão para colocar ovos dentro de colmeias e, em seguida, se alimentar por meio da cera de abelhas.

O talento mais incomum da lagarta está em sua fome por resíduos de plástico que foi descoberto por acidente quando uma pesquisadora encontrou buracos nos sacos que ela estava usando para coletar as lagartas de suas colmeias.

Depois que o problema aconteceu uma segunda vez com um tipo diferente de saco de plástico, ela percebeu que as lagartas estavam realmente consumindo o plástico, da mesma forma que consomem cera de abelhas.

Em um experimento, 100 lagartas foram colocadas em um saco de plástico velho supermercado. Em apenas doze horas, os insetos tinham reduzido a massa do saco de plástico em 92 miligramas.

Enquanto o processo exato através do qual os insetos são capazes de comer o plástico não é totalmente compreendida, mas os cientistas acreditam que eles são capazes de quebrar a cadeia molecular estável no polietileno.

“Fiquei surpreso com a semelhança da estrutura química entre cera e plástico”, disse o principal autor do estudo, Paolo Bombelli. “A lagarta é capaz de mastigar através da cera da mesma maneira que eles são capazes de comer através do polietileno.”

Dada a quantidade de plástico residual que existe atualmente em nosso planeta, este inseto minúsculo poderia ser uma inestimável maneira natural e eficaz dispor de materiais não degradáveis.

Deixe seu comentário!