Homem encontra tesouro Viking com detector de metais

Derek McLennan ganhou quase US$ 2,6 milhões depois de desenterrar uma gama de artefatos Viking do século X.

O entusiasta de detector de metais estava examinando um campo em Dumfries e Galloway, na Escócia, em 2014, quando ele passou por um dos mais importantes achados arqueológicos britânicos em anos.

O tesouro, que consistia em cerca de 100 itens, incluía broches de prata, anéis de ouro e uma série de outros valores que se seriam datados de mais de 1.000 anos até a época dos Vikings.

Agora, mais de três anos depois, o Queen’s and Lord Treasurer’s Remembrancer – que rege as mercadorias que não têm dono – determinou que a coleção deveria ir ao Museu Nacional da Escócia em troca de um pagamento de $2,58 milhões.

Nada mal para um dia passeando em torno de um campo com um detector de metais.

“Estamos honrados e sentimos o privilégio de ter salvado este tesouro internacional significativo e estamos ansiosos para as muitas descobertas emocionantes serão revelados ainda mais”, escreveu o museu.

Deixe uma resposta