A história do furador de papel

Um furador de papel é um dispositivo relativamente simples, também chamado de perfurador, que é frequentemente encontrado em escritórios ou em salas de escola, que perfura os buracos no papel.

O propósito do furador de papel e é perfurar buracos no papel, de modo que as folhas de papel possam ser coletadas e armazenadas em uma pasta.

Um furador de papel também é comumente usado para perfurar buracos em bilhetes de papel para provar a admissão ou o uso.

As origens do furador de papel ainda não foram determinadas, no entanto, duas patentes iniciais para furador mostram dispositivos projetados para perfurar buracos no papel.

Uma das patentes registradas foram publicadas em 1885, quando um homem chamado Benjamin Smith inventou um perfurador de mola – Smith o chamou de “conductor’s punch” – algo como um furador de passagens.

Em 1893, em uma nova patente de perfurador de papel, feita por Charles Brooks, ficou conhecido como “ticket punch” – conhecido como furador de tickets.

Ao longo do século 20, o furador de papel se manteve em grande parte com a mesma aparência dos primeiros modelos, incluindo a construção de metal.

Em alguns casos, os furadores assumiram a aparência de um alicate e eram mais fáceis de transportar.

Perto do fim do século, algumas versões de plástico foram lançadas, embora com o cortador de de papel continuasse com seu mecanismo feito de metal.

Foi durante esse tempo, os fabricantes também lançaram versões com formas diferente de um círculo, como estrelas e corações.

4 comments

Deixe seu comentário!