Hepatite C – Sintomas e Tratamentos

O que é Hepatite C?

A hepatite é causada pelo vírus HCV e consiste em uma inflamação no fígado, que pode ocasionar diversas complicações como cirrose e câncer e inclusive levar a morte.

A doença pode ser adquirida de várias formas, como através de transfusões de sangue, compartilhamento de drogas injetáveis (devido ao uso de seringas) e acidentes profissionais em que o acidentado entra em contato com fluidos de pessoas infectadas.

Como é transmitida a Hepatite C

Essas são as principais formas de transmissão porque o vírus HCV entra em nosso organismo através do contato com o sangue, a mucosa ou até pontos machucados da pele que entram em contato com secreções corporais de indivíduos portadores do vírus.

Uma forma não comum de transmissão é através de relações sexuais desprotegidas, ou seja, quando o casal não utiliza preservativo. Mesmo assim é muito importante nunca deixar de se proteger, pois não se sabe se o parceiro tem o vírus ou até mesmo outras doenças sexualmente transmissíveis.

Casos em que a grávida transmite a doença para o feto também são raras e representam aproximadamente 5% do total de transmissões. No entanto, casos de transmissão através do leite materno não são conhecidos.

Em geral em até 20% a 30% dos casos da doença não é possível identificar como foi feita a contaminação pelo HCV, o que dificulta a identificação precoce da doença ou isolamento de situações de risco.

Sintomas da Hepatite C

Os sintomas da Hepatite C não costumam aparecer durante a fase aguda, ao contrário dos tipos A e B. Mesmo quando ocorrem, os sintomas não são agressivos e se assemelham aos da gripe.

Embora os sintomas possam ser confundidos, é importante tentar identificar os sintomas e procurar ajuda médica, pois existe tratamento para a esta fase da hepatite, evitando que vire uma doença crônica, que atinge atualmente 80% dos pacientes.

Muitas vezes o paciente só descobre que possui a doença ao apresentar cirrose (que ocorre em 20% dos casos) seguida por câncer do fígado.

Consequências e Complicações da Hepatite C

As conseqüências são sérias e por isso o ideal é praticar a prevenção, tomando medidas simples, como o uso constante da camisinha.

Ao sentir um ou mais sintomas, um médico deve ser procurado imediatamente, pois ele é o único que poderá diminuir os riscos de complicações através de diagnóstico preciso e indicação de tratamento adequado e que tenha eficácia.

Deixe seu comentário!