Hepatite B – Sintomas e Tratamentos

A hepatite B é uma doença provocada pelo vírus HBV, um vírus infeccioso que pertence à família Hepdnaviridae.

Causas da Hepatite B

O vírus provoca uma inflamação das células hepáticas do infectado, e é transmitido através do contato com sangue ou fluidos contaminados pelo vírus, portanto pode ser transmitidas principalmente através de relações sexuais sem proteção, transfusões de sangue e compartilhamento de objetos perfurantes como seringas.

Mães contaminadas podem transmitir o vírus para seus filhos durante a gestação, o parto e também durante o período de amamentação, embora esta última forma seja mais rara.

O período de incubação do vírus varia entre 30 há até 180 dias, e ocasiona mal estar, falta de apetite, dor no corpo e febre. Após esses sintomas iniciais o infectado apresentará também icterícia (aparência amarelada da pele), urina escura, coceira no copo e fezes de coloração clara.

Sintomas da Hepatite B

Em até 99% dos casos os sintomas desaparecem no decorrer de 6 semanas, deixando o infectado imune ao vírus. No entanto algumas pessoas podem desenvolver a hepatite B crônica, que pode provocar cirrose, câncer de fígado e inclusive levar á morte.

Entre o grupo de risco de pessoa que possuem mais propensão a desenvolver a hepatite crônica estão usuários de bebidas alcoólicas, bebês, crianças e pessoas com baixa imunidade.

Tratamento Contra a Hepatite B

Pacientes infectados realizam o tratamento para suavizar os sintomas, sendo que é proibido ingerir bebidas alcoólicas ou usar remédios sem prescrição médica. Se a doença for crônica o paciente deve realizar um tratamento para impedir a evolução da doença, e dependendo d gravidade da doença pode durar mais de um ano.

Métodos de Prevenção contra a Hepatite B

No entanto o ideal é evitar situações de risco que possam levar a pessoa a contrair a infecção, adotando medidas como: não compartilhar agulhas e seringas, não ter relações sexuais e o uso do preservativo, evitar contato com secreções de pacientes infectados, entre outros cuidados.

Outro cuidado muito importante é tomar a vacina para a hepatite B. Mães portadoras do vírus devem procurar orientação médica para saber como proceder para garantir sua saúde e a do seu bebê.

Observando esses cuidados você estará evitando não só a hepatite B, mas uma série de doenças.

Em caso de sentir um ou mais sintomas descritos acima, o mais correto a fazer é procurar a ajuda médica para que um diagnóstico eficaz seja feito, e assim seja indicado um tratamento ideal eliminando riscos mais graves ao paciente.

Deixe seu comentário!