Filtro de gato ataca novamente durante conferência de imprensa

Uma conferência de imprensa da polícia canadense sobre um misterioso duplo homicídio foi marcada por “dificuldades técnicas”.No mês passado, o ‘filtro de gato’ do Facebook transformou a transmissão ao vivo de um ministro de Pakastini em uma farsa quando o jornalista Shaukat Yousafzai apareceu com orelhas de gato e bigodes durante a apresentação.

Agora, o mesmo aconteceu novamente – desta vez durante uma conferência de imprensa transmitida ao vivo por policiais no Canadá que estavam divulgando informações sobre um duplo homicídio na Colúmbia Britânica.


Um porta-voz da Polícia Montada Real do Canadá se desculpou mais tarde pelo incidente, que foi atribuído a “dificuldades técnicas” relacionadas às configurações de transmissão ao vivo do Facebook.A conferência acabou sendo regravada sem o filtro de gato ativado.

O caso de assassinato coberto foi o da americana Chynna Noelle Deese e de seu namorado australiano, Lucas Robertson Fowler, que estava de férias no Canadá quando foram mortos.

Seus corpos foram encontrados em uma estrada remota na Colúmbia Britânica em 15 de julho.

A polícia canadense está incentivando qualquer pessoa com informações a se apresentar.

Deixe seu comentário!