Enorme tubarão pré-histórico encontrado em caverna

Os restos fósseis bem preservados de um tubarão de 330 milhões de anos foram descobertos em uma caverna no Kentucky.

Dado que os tubarões perdem e substituem continuamente os dentes ao longo de suas vidas, os dentes de tubarão estão entre os fósseis pré-históricos mais descobertos no mundo.


O resto do corpo de um tubarão, por outro lado, é um achado muito raro, porque a cartilagem se quebra facilmente e quase nunca sobrevive à fossilização, tornando essas descobertas poucas e distantes entre si.

Quando o ecologista Rick Olson e o paleontólogo Rick Toomey encontraram uma grande cabeça de tubarão fossilizada no Parque Nacional Mammoth Cave, em Kentucky, em novembro, logo em novembro, logo ficou claro que eles haviam descoberto algo muito significativo.

De acordo com o paleontólogo John-Paul Hodnett, a espécie – Saivodus striatus – remonta cerca de 330 milhões de anos ao período do final do Mississipi e tinha o tamanho de um grande tubarão branco.

“O mais significativo é que a maioria dos fósseis de tubarões que descobrimos vem de uma camada de rocha que se estende do Missouri à Virgínia, mas nunca documentou a presença de tubarões até agora”, disse Hodnett. “É como encontrar uma peça de quebra-cabeça que faltava para uma imagem muito grande”.

Pensa-se que a mesma caverna abriga restos fósseis de até 100 outros tubarões.

Deixe seu comentário!