Cidade perdida de Neapolis descoberta na Tunísia

Arqueólogos descobriram as ruínas de uma cidade romana perdida que foi destruída por um tsunami.

O local exato da cidade, que foi pensado para ter sido submerso sob as ondas de um tsunami enorme que atingiu a região no século IV, permaneceu um mistério por anos.

O poder destrutivo do tsunami foi tão grande que, além de destruir Neapolis, também prejudicou gravemente a cidade costeira de Alexandria no Egito e a Ilha Grega de Creta.

Agora, arqueólogos da Itália e da Tunísia anunciaram que finalmente encontraram as ruínas de Neapolis espalhadas por um local de 20 hectares ao largo da costa da Tunísia.

Além das ruas e dos monumentos, a equipe de mergulho também descobriu dezenas de tanques que teriam sido usados ​​para armazenar garum – um condimento fermentado feito de peixe particularmente popular em Roma na época e que se pensava que contribuiu grandemente para a riqueza da cidade.

“É uma grande descoberta”, disse o líder da missão, Mounir Fantar.

“Esta descoberta nos permitiu estabelecer com certeza que a Neapolis era um importante centro para a fabricação de garum e peixe salgado, provavelmente o maior centro do mundo romano”.

Deixe uma resposta