Cães são mais inteligentes do que gatos

Você conhece esse debate antigo sobre se os cães são mais inteligentes do que os gatos? Bem, a ciência agora tem uma resposta definitiva. São os cães.

Essa é a conclusão de uma equipe internacional de pesquisadores, que descobriram que os cães possuem duas vezes o número de neurônios do que os gatos.

Os neurônios são células que processam informações. E assim, quanto mais neurônios um animal tem, melhor será a capacidade de processamento de informações, dizem esses cientistas.

O estudo foi conduzido por pesquisadores de seis universidades nos EUA, Brasil, Dinamarca e África do Sul.

A pesquisa foi feita no laboratório de Suzana Herculano-Houzel, professora associada de psicologia e ciências biológicas da Universidade Vanderbilt.

Até recentemente, os cientistas interessados em comparar a inteligência entre as espécies eram limitados ao uso do tamanho do cérebro como indicador.

“Em 2005, meu laboratório desenvolveu um método muito simples, rápido e barato para contar células em cérebros e partes do cérebro”, disse Herculano-Houzel.

O que os pesquisadores fizeram foi levar a matéria cerebral e essencialmente transformá-la em sopa. Isso liberou os núcleos celulares e permitiu que os cientistas os contabilizassem diretamente no microscópio.

Isto é o que eles encontraram quando examinaram o córtex cerebral de gatos e cães, a parte de processamento de informação do cérebro: o córtex cerebral de um gato tem 250 milhões de neurônios. Um cão de 6 quilos de raça mista tem 429 milhões.

Quando eles olhavam para um golden retriever de 29 quilos, a contagem era ainda maior: 627 milhões de neurônios.

“É justo dizer, então, que os cães têm cerca de duas vezes mais neurônios do que os gatos em seu córtex cerebral”, disse ela. “E isso implica que os cães tenham mais capacidades cognitivas do que os gatos”.

Agora, é apenas uma questão de quem irá contar a notícia para Garfield.

Deixe seu comentário!