Buraco negro supermassivo encontrado na Via Láctea

Um novo buraco negro supermassivo foi descoberto a 200 anos-luz do centro da nossa galáxia.

O gigantesco fenômeno estelar, que se pensa ser 100.000 vezes a massa do Sol, está situado dentro de uma grande nuvem de gás perto do centro da galáxia.

É o segundo maior buraco negro na Via Láctea com uma massa equivalente de 400 milhões de sóis.

A existência deste novo buraco negro foi confirmada pela primeira vez após as observações feitas por astrônomos no Japão que tentaram entender os estranhos movimentos dos gases na nuvem.

Descobriu, então, que esses gases, que se deslocam a velocidades extremamente diferentes, estavam sendo atraídos por imensas forças gravitacionais – provavelmente de um buraco negro supermassivo.

A descoberta foi ainda cimentada depois que as ondas de rádio indicativas de um buraco negro também foram apanhadas.

“Esta é a primeira detecção de um candidato de buraco negro de massa intermediária na galáxia da Via Láctea”, disse omoharu Oka, um astrônomo da Universidade de Keio em Tóquio.

Os cientistas acreditam que, no futuro distante, o novo buraco negro se aproximará cada vez mais de Sagitário A* antes de se fundir com ele – criando um buraco negro ainda maior no centro da galáxia.

Deixe uma resposta