Amelia Earhart foi comida por caranguejos gigantes?

Se a famosa aviadora realmente tivesse pousado no atol de Nikumaroro, o que aconteceu com seus restos?

Quando Amelia Earhart desapareceu no Oceano Pacífico durante uma tentativa de circunavegar o globo em seu Lockheed Model 10 Electra em 1937, o que aconteceu com ela se tornou um dos mistérios mais duradouros da era moderna.

Mais recentemente, no entanto, tem havido um crescente número de evidências para sugerir que Earhart, junto com seu navegador Fred Noonan, pode ter sobrevivido por vários dias em uma remota ilha do Pacífico.

Embora nenhum sinal de seus restos tenha sido encontrado até agora, alguns pesquisadores sugeriram que, devido à fome e à sede, Earhart e Noonan podem ter se tornado vítimas de algo ainda mais inesperado – o caranguejo-dos-coqueiros – um artrópode gigante que pode crescer até 1 metro de largura.

Notáveis em agarrar e transportar qualquer fonte potencial de comida deixada no chão, esses grandes crustáceos poderiam facilmente ter pego os restos de Earhart como uma refeição fácil.

Se isto for verdade, isso tornaria as chances de encontrar seus ossos em Nikumaroro muito pequenas.

Deixe seu comentário!