Vírus da raiva poderia transformar pessoas em zumbis

O vírus da raiva tem o potencial de transformar pessoas em zumbis como algo saído de ‘The Walking Dead’.

Graças à pandemia de coronavírus, todos nós sabemos o quão impactante um vírus pode ser quando se espalha de animais para humanos, mas de acordo com um novo estudo da Itália, há outro vírus que, se modificado ou mutado de certa forma, pode causar um cenário de apocalipse zumbi da vida real.

Já se sabe que a raiva se espalha de animais para humanos por meio de mordidas ou arranhões e, em muitos casos, quando alguém está infectado, pode torná-lo hiperativo e agressivo.

Isso em si é um pouco parecido com o que acontece quando alguém é infectado em um filme, se transforma em um zumbi, torna-se agressivo e morde outra pessoa – passando o vírus adiante.

Mas e se a raiva sofresse uma mutação de tal forma que aqueles que foram infectados se comportassem de forma muito mais agressiva e tivessem tendência a atacar e morder outras pessoas?Tal cenário pode ser assustadoramente uma reminiscência de um apocalipse zumbi da vida real.

O temor é que, mesmo que essa mutação não ocorra naturalmente, a engenharia genética possa produzir uma versão da raiva que pode fazer com que os infectados ajam dessa forma.

“É agora amplamente reconhecido que muitos vírus são caracterizados por altas taxas de mutação de ocorrência natural, que induzem mudanças constantes como meio confiável para escapar das defesas do hospedeiro ou facilitar sua transmissão para outros hospedeiros suscetíveis”, escreveram os autores do estudo.

“O vírus da raiva não faz exceção a esta regra … uma vasta gama (até 100) de variantes antigênicas deste patógeno em uma ampla gama de hospedeiros animais e localizações geográficas.”

“Mesmo mutações de um único aminoácido nas proteínas do vírus da raiva podem alterar consideravelmente suas características biológicas, por exemplo, aumentando sua patogenicidade e disseminação viral em humanos, tornando o vírus mutado uma ameaça tangível para toda a humanidade.”

Talvez The Walking Dead e Resident Evil não sejam tão rebuscados quanto parecem …

Deixe seu comentário!