Tiranossauro rex não tinha penas, dizem cientistas

A ideia de que o tiranossauro rex tinha uma plumagem espessa de penas tem sido discutida por algum tempo.

A possibilidade de um dos maiores predadores do mundo vagando coberto de penas foi finalmente descartada após uma análise de uma impressão de T. rex de um espécime fóssil conhecido como Wyrex.

Os pesquisadores declararam que esses grandes carnívoros realmente tinham escamas, assim como a visão tradicional delas sugere.

Embora alguns dos tiranossauros menores tivessem penas, os pesquisadores acreditam que as espécies maiores as perderiam porque não eram mais necessárias para o isolamento.

Nem todos estão convencidos, no entanto, de que as conclusões da equipe estão corretas.

“Eu não acho que possamos assumir que T. rex não tinha penas só porque alguns esqueletos fósseis possuem impressões de pele escamosas”, disse o Dr. Steve Brusatte da Universidade de Edimburgo.

“É preciso muita sorte para preservar as penas nos fósseis. Só porque não as vemos não significa que elas não estavam lá”.

“Então, eu acho que não podemos descartar a imagem de um grande T. rex fofo até agora”.

Deixe seu comentário!