SpaceX descarta descida de capsula em Marte em 2018

Os planos para aterrissar uma versão modificada da cápsula de dragagem reutilizável da empresa em Marte foram descartados.

Com metas que incluem a chegada de humanos em Marte até 2025, o CEO da SpaceX, Elon Musk, certamente não pode ser criticado por sua falta de ambição.

Quão realista é a sua agenda na prática, no entanto, ainda é algo a ser visto.

Esta semana foi revelado que os planos de aterrissar uma cápsula não tripulada e modificada em Marte ao longo de 2018 foram agora descartados para que outra nave espacial menos dispendiosa possa ser projetada para substituí-la.

Um dos maiores problemas com o uso de uma cápsula para a missão foi de que o sistema de pouso baseado em propulsão era muito arriscado para usar na superfície cheia de pedregulhos como de Marte.

Cumprir os requisitos rigorosos de segurança da NASA teria sido quase impossível.

“Houve um tempo em que eu pensei que aterrissar em Marte, onde você tem um escudo térmico e propulsores montados lateralmente, seria o caminho certo para aterrar em Marte”, disse Musk.

O novo veículo, que será menor, mais barato e pára-quedas para pousar no lugar de propulsores, pode ser revelado já em setembro.

Para ajudar a financiar seu desenvolvimento, o SpaceX provavelmente garantirá que ele possa ser usado para missões na órbita terrestre, bem como para missões para Marte.

“Você consegue fazer isso funcionar na Terra, ele irá funcionar em Marte”, disse Musk.

“Eu acho que esse tem uma chance de ser real na frente econômica”.

Deixe uma resposta