Sangue jovem poderia manter as pessoas idosas saudáveis

Há um crescente corpo de evidências que sugerem que o sangue jovem pode ajudar a tratar doenças relacionadas à idade.

De acordo com Dame Linda Partridge, importante geneticista da University College London, a ideia de usar transfusões de sangue jovem para manter os idosos saudáveis ​​por mais tempo tem mérito substancial.

A pesquisa mostrou que, embora essas transfusões não possam interromper o processo de envelhecimento, elas têm o potencial de evitar doenças como câncer, doenças cardíacas e demência em pacientes idosos.

O método tem sido objeto de numerosos ensaios e experimentos nos últimos anos.

Uma empresa iniciante, a Ambrosia, está até oferecendo transfusões para seus clientes por US$ 8.000.

Mais trabalho precisa ser feito, no entanto, para identificar as moléculas específicas responsáveis ​​por esses benefícios.

“A identificação destes é uma alta prioridade para a pesquisa”, o professor Partridge e seus colegas escreveram.

“A acessibilidade prática do microbioma humano e do sistema sanguíneo torna a manipulação terapêutica uma abordagem particularmente atraente, mas a pesquisa em animais é necessária para estabelecer as consequências a longo prazo e os possíveis efeitos colaterais”.

Deixe seu comentário!