Relatividade geral é comprovada novamente

Um novo estudo conseguiu provar que a teoria de Einstein ainda se sustenta mesmo sob condições extremas.

De acordo com a teoria geral da relatividade de Einstein, dois objetos sempre cairão na mesma proporção, independentemente de quanto pesam ou do que são feitos.

Os cientistas foram capazes de provar que este é o caso na Terra várias vezes ao longo dos anos, mas como a teoria se sustenta quando substituímos objetos super-densos por pequenos objetos de teste?

Em um estudo recente, uma equipe internacional de astrônomos usou vários telescópios poderosos para observar o PSR J0337 + 1715 – um sistema triplo de estrelas localizado a cerca de 4.200 anos-luz da Terra.

O que torna este sistema solar particular tão intrigante é sua configuração única de uma estrela de nêutrons e uma estrela anã branca orbitando em torno de uma segunda estrela anã branca situada um pouco mais distante.

Se a teoria de Einstein estiver correta, a estrela de nêutrons incrivelmente densa e a estrela anã branca interna devem estar caindo na mesma proporção em direção à estrela anã branca externa.

Após extensas observações do sistema, os astrônomos determinaram que este é realmente o caso.

Einstein, ao que parece, estava certo o tempo todo.

Deixe seu comentário!