Quem inventou o Alô no telefone?

Alô, Hello, Hullo, Hallo, Hull-oo-oo-oo.. Você pode dizê-lo em voz baixa ou você pode gritar, mas a pessoa na outra extremidade sabe que tudo o que você está tentando fazer é entrar em contato com uma saudação.

A lenda diz que Thomas Alva Edison foi o primeiro a dizer alô pelo telefone. Mas Edison não foi a pessoa que inventou ‘alô’. Na verdade, a saudação tem sido feita há séculos, antes da invenção do telefone em 1885.

Nos tempos antigos, as pessoas se cumprimentavam com “hallow”, que pode ter vindo da velha palavra francesa ‘hola’. Ou ‘whoa’. O dicionário de Noah Webster incluiu o ‘alô’ em 1883.

Quando o telefone chegou, os americanos estavam dizendo ‘hullo’ um ao outro todos os dias, então foi simples migrar o para ‘alô’. Mas a invenção do telefone tornou o “alô” uma forma universal de saudação e como forma de estabelecer contato.

Então, Edison fez de uma saudação popular uma parte integrante das nossas vidas. Alexander Graham Bell, que inventou o telefone em 1885, nunca gostou de ‘alô’ e defendeu o uso de ‘ahoy'(uma saudação náutica) como uma saudação telefônica.

As linhas telefônicas continuaram expandindo, assim como a saudação. E logo se tornou uma saudação geral. O dicionário de Webster continuou a imprimir ‘alô’ como uma palavra de saudação, mesmo quando Alexander Graham Bell rejeitou a saudação toda a sua vida! Ele insistiu em dizer ‘Ahoy, Ahoy’!

Mas os dicionários continuaram a promover como saudação padrão na língua inglesa.


Nota: Thomas Edison dizia “Hello”, mas escolhemos por trocar pela tradução em português “Olá” – visando, desta forma, tornar a leitura do post mais fácil.

Nota 2: Nosso “Alô” seria uma derivação do termo húngaro “hallod”, que significa “está me ouvindo?”.

Deixe seu comentário!