Qual o melhor país para viver?

Muitas pessoas possuem dúvidas a respeito de qual seria o melhor país do mundo para se morar, no entanto esse é um dado difícil de ser avaliado, porém não é impossível, e nós temos a resposta, que você acompanhará no decorrer da postagem.

Quem sabe o seu país não seja o queridinho do planeta, acompanhe.

Cerca de 100 países foram avaliados para compor o ranking dos melhores para viver, de início temos a triste notícia de que o Brasil é apenas o 48° colocado, estando atrás de países menos desenvolvidos, o que é um motivo de desaprovação por parte dos brasileiros.

O melhor país para se viver não foi os Estados Unidos, nem a Inglaterra ou então a Itália. Muitos apostavam na Alemanha devido a sua forte economia, mas estavam enganados. A pesquisa feita pela revista estadunidense Newsweek, causou espanto em algumas pessoas devido à colocação de alguns países.

Segundo a pesquisa, a Finlândia é o melhor país para viver. Localizado no norte da Europa, o país possui a 8° economia mais desenvolvida, sendo líder mundial no segmento de telecomunicações.

Conta com um sistema de saúde exemplar e o melhor sistema educacional do planeta. Atrás da Finlândia, vieram à Suíça e Suécia, dois países de economia em amplo crescimento.

Com o melhor sistema de ensino do mundo, a Finlândia é referência entre as demais nações. Mesmo com estruturas básicas, as escolas possuem alto nível de organização, sem contar no alto nível do corpo de professores, sendo considerados os melhores do mundo. De todas as escolas ativas na Finlândia, 99% são públicas, e nem por isso existe desordem e dificuldades para educar, ao contrário, as unidades de ensino são excelentes.

Os finlandeses são muito educados e civilizados, por isso o motivo de os índices de violência do país ser quase zero. Os brasileiros que moram no país, dizem que a tranquilidade é algo fora do normal, pois lá podem dormir com portas e janelas abertas, sem que haja furtos e violência contra os moradores.

A Finlândia conta com mais de 5 milhões de habitantes, tendo o euro como sua moeda oficial. O país possui diversas belezas, como paisagens lindas, formadas por lagos e florestas preservadas. Existem também dias que não há o pôr-do-sol, tendo assim as chamas noites brancas de verão.

No entanto durante o inverno, a Finlândia fica por até 8 semana no escuro. O povo possui características mais frias, pois não são muito emotivos, preferem o silêncio e são bastante quietos. Essa dificuldade de relacionamento e o frio são os dois principais motivos para a difícil adaptação de imigrantes no país.

Tendo Helsínquia como capital, o país possui vários pontos turísticos, um deles é o jardim zoológico do país, que fica a capital e reúne espécies de todos os tipos, são animais encantadores. Quem é apaixonado por arte e cultura, poderá visitar o Museu Nacional da Finlândia, que é um show a parte.

Deixe seu comentário!