Primeiro cachorro no espaço foi lançado há 60 anos

Em 3 de novembro de 1957, um canino chamado Laika ser tornou o primeiro cachorro a se aventurar no espaço.

A missão, conhecida como Sputnik 2, foi lançada poucas semanas depois que a União Soviética colocou com êxito o primeiro satélite artificial do mundo, Sputnik 1, em órbita ao redor da Terra.

Pesando muito mais do que o seu antecessor e com um conjunto muito mais elaborado de instrumentos científicos, o Sputnik 2 foi projetado, pela primeira vez, para apoiar um único ocupante – uma cachorra chamada Laika que havia sido apanhada nas ruas de Moscou.

Fechada dentro de uma pequena cápsula dentro da nave espacial, a corajosa canina foi lançada sem cerimônia no espaço em uma missão suicida.

Laika realmente entrou em órbita, no entanto, houve algum desacordo sobre exatamente o que aconteceu com ela depois disso.

Na época, as publicações soviéticas indicavam que o animal havia morrido após uma semana no espaço, no entanto descobertas mais recentes sugeriram que ela pode ter morrido durante o lançamento devido ao superaquecimento extremo.

De qualquer forma, foi um fim triste para um dos pioneiros da viagem espacial.

O primeiro humano no espaço, o cosmonauta Yuri Gagarin, só foi lançado ao espaço quatro anos depois.

Deixe seu comentário!