Peito de homem pega fogo durante cirurgia cardíaca

Cirurgiões conseguiram incendiar acidentalmente a cavidade torácica de um homem durante uma operação na Austrália.

O estranho acidente envolveu um homem de 60 anos que sofria de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e necessitava de cirurgia de emergência para uma lesão na sua artéria aórtica. 

Durante o procedimento, os médicos perfuraram acidentalmente uma área de tecido pulmonar inflado, causando vazamento de ar e exigindo que fornecessem ao paciente uma quantidade maior de oxigênio suplementar. 

Isso, juntamente com o uso de um eletrocautério, conseguiu incendiar uma gaze cirúrgica. 

Felizmente, o incêndio foi extinto praticamente de imediato e o homem não ficou ferido. O procedimento cirúrgico em si continuou como planejado e a artéria aórtica foi reparada com sucesso. 

Mesmo assim, o caso levou a uma revisão do treinamento de fogo e estratégias de prevenção de incêndio durante a cirurgia.

“Cirurgiões e anestesistas precisam estar cientes de que incêndios podem ocorrer na cavidade torácica se um pulmão for danificado ou houver um vazamento de ar por qualquer motivo, e que pacientes com DPOC estão sob risco aumentado”, disse a Dra. Ruth Shaylor, principal autora do estudo. do Departamento de Anestesia e Medicina da Dor na Austin Health em Melbourne, Austrália.

Deixe seu comentário!