Pássaro gigante de meia tonelada viveu ao lado do homem primitivo

Um osso da coxa encontrado em uma caverna da Crimeia pertencia a uma enorme espécie de pássaro que era tão pesada quanto um urso polar.

O fóssil, que foi descoberto ao longo da costa norte do Mar Negro, remonta entre 1,5 e 1,8 milhão de anos, quando o Homo erectus vagou pelo continente europeu.

Conhecido como Pachystruthio dmanisensis , este pássaro gigantesco que não voa tinha três vezes o peso dos avestruzes de hoje, tinha 3,5 metros de altura e podia correr a velocidades bastante significativas.

Isso daria aos nossos antepassados ​​um suprimento abundante de carne, ossos, penas e cascas de ovos.

“Nenhum pássaro desse tamanho foi relatado na Europa”, disse o paleontólogo Nikita Zelenkov, da Academia Russa de Ciências.

“Não sabemos exatamente quando foi extinto, mas provavelmente não sobreviveu mais de 1,2 milhão de anos atrás. Eles teriam sido vistos por várias pessoas do Homo erectus “.

Deixe seu comentário!