Pai Nosso da Netflix é baseado em uma história real?

Sim, embora o homem que você vê no trailer (e na imagem acima) provavelmente não seja o verdadeiro Dr. Donald Cline, e algumas das cenas definitivamente pareçam encenadas, reencenadas ou dramatizadas, a história em si é muito verdadeira.

Abaixo, esta era a aparência de Cline quando ainda praticava medicina, de uma foto de arquivo do Indianapolis Star em 2007.

Ele abriu sua clínica de fertilidade em Indiana em 1979 e usou seu próprio esperma em doações que resultaram em pelo menos 50 crianças nas décadas de 1970 e 1980.

Esses meio-irmãos se encontraram graças à crescente onipresença dos testes de DNA em casa, além das mídias sociais. E seis deles confrontaram Cline pessoalmente em um restaurante em uma reunião mediada pelo filho natural de Cline quando o médico estava com quase 70 anos.

O que é ainda mais perturbador é que o médico ainda é um membro proeminente de sua comunidade, parecendo ser um farol brilhante de todas as coisas bem-sucedidas. 

Dono de uma empresa e ancião de sua igreja, seu domínio sobre as cidades ao redor de Indianápolis permanece firme, mas isso não deterá aqueles que ele prejudicou enquanto se propõem a lançar uma luz condenatória sobre as ações repugnantes do Dr. Cline.

O que aconteceu com o Dr. Donald Cline?

Cline tinha 79 anos quando se declarou culpado em dezembro de 2017 de duas acusações criminais de obstrução da justiça, mentindo para investigadores estaduais sobre o uso de seu próprio esperma em sua clínica de fertilidade. 

Ele recebeu uma sentença de prisão de um ano, suspensa, então ele não cumpriu pena.

Não havia nenhuma lei estadual na época para criminalizar as ações do médico, embora Indiana tenha promulgado tal lei sobre fraude de fertilidade depois que este caso veio à tona. Cline, que se aposentou da prática em 2009, entregou sua licença médica para Indiana em 2018.

Dirigido por Lucie Jourdan, Pai Nosso certamente fará seu sangue ferver com o que nossa sociedade permite que certos membros escapem. 

Respire fundo e confira o trailer abaixo e continue rolando para a sinopse completa do documentário. O documentário chega à Netflix em 11 de maio.

Deixe seu comentário!