Osso em loja de roupa deve permanecer inexplicável

Uma extensa investigação falhou em resolver o mistério de como um osso humano acabou na meia de uma loja de roupas.

Há pouco mais de um ano, alguns dias antes do Natal, os policiais foram chamados para investigar uma descoberta bastante assustadora – um osso de dedo humano que de alguma forma acabou dentro de uma meia sendo vendido na filial de Colchester da varejista de moda britânica Primark.


Embora uma investigação inicial tenha revelado que o osso não parecia ter vindo de alguém que havia sido morto (ou desmembrado) recentemente, ainda não estava claro exatamente como chegou lá.

Agora, doze meses depois, parece que a busca por respostas chegou a um beco sem saída e é bem possível que o enigma do osso nunca seja resolvido.

A Polícia de Essex declarou que investigou o assunto na medida do possível “de forma razoável e proporcional” e que o osso não foi associado a nenhum crime.

A menos que mais informações apareçam, é provável que a origem do osso permaneça um mistério total.

“Em janeiro de 2019, realizamos uma investigação na fábrica onde essas meias foram fabricadas e não encontramos evidências que sugiram que algum incidente ocorreu lá”, disse um porta-voz da Primark.

“É altamente provável que o objeto tenha sido colocado nas meias por um indivíduo por razões desconhecidas”.

A Primark foi objeto de incidentes isolados no passado, que foram posteriormente encontrados como sendo boatos. Após nossa investigação e a investigação policial, consideramos o assunto encerrado “.

Deixe seu comentário!