O que é o robô ASIMO da Honda?

O robô ASIMO da Honda está na vanguarda da robótica humanoide avançada.

Ele é o último produto de um projeto contínuo de 25 anos de duração da Honda para criar um robô de serviço humanoide viável capaz de interagir e apoiar os seres humanos na vida diária.

Surpreendentemente, o nome ASIMO não se destinava a ser uma referência a Isaac Asimov, mas vem de Asi, japonês para “pés” e Mo, abreviado para “movimento”.

ASIMO é projetado para parecer não ameaçador, com uma aparência amigável e altura de 1,2 metros. Isso é muito longe de algumas das criações mais “realistas” de androide que parecem francamente assustadoras.

O sucesso do ASIMO é a sua capacidade de caminhar e correr de uma maneira verdadeiramente humana. Os robôs tendem a se destacar em tarefas que os humanos acham difíceis, como lidar com enormes quantidades de dados.

Por outro lado, as tarefas que nem sequer precisamos pensar (como caminhar) levaram vinte anos para dominar. O ASIMO, com uma velocidade máxima de 6 km por hora, é o robô humanoide mais rápido do mundo.

Um robô corredor ou dançarino não é em si um objetivo do projeto, mas a conquista representa um marco importante na criação de um robô com a mobilidade necessária para operar em um ambiente humano complexo.

O ASIMO foi equipado com uma série de recursos de tecnologia de inteligência, incluindo a capacidade de reconhecer pessoas, objetos e gestos, calcular distâncias, movimentos de vários objetos e criar rotas flexíveis para um destino.

Até certo ponto ASIMO também pode ouvir e falar. Ele atualmente pode compreender cerca de 50 chamadas e saudações diferentes, além de 30 comandos diferentes e pode reagir a eles de acordo.

O modelo de inteligência – o cérebro – deve primeiro ser melhor compreendido antes que princípios de processamento semelhantes possam ser aplicados a robôs humanoides.

Prevê-se que levará pelo menos 10-15 anos antes que a inteligência da ASIMO corresponda ao seu alto nível de mobilidade existente.

Deixe seu comentário!