O que é a Fimose?

A fimose é um tipo de problema que ataca somente os homens, em poucas palavras esse problema impossibilita que o homem consiga tirar a cabeça do pênis para fora.

O que é a Fimose?

Isso acontece por que a pele que recobre a cabeça do pênis é muito estreita, visando que dessa forma essa determinada pessoa não irá conseguir colocar a cabeça do pênis para fora, pois não haverá espaço para que o mesmo passe, sem contar que a dor é muito forte e não é recomendado de forma alguma que tente resolver o problema na força bruta.

O que fazer quando seu filho apresenta fimose?

O que se deve fazer quando você percebe que tem fimose ou então, percebe que seu filho tem a pele de seu pênis muito grande, é procurar um médico imediatamente, uma vez que, só o médico poderá resolver esse problema de forma segura é fácil.

É muito comum que esse problemas aparecem principalmente em crianças, uma vez que, as mesmas já em seu terceiro ano de vida devem conseguir colocar a cabeça de seu pênis para fora.

Esse tempo pode demorar um pouco mais de pessoa para pessoa, porém os pais precisam ser realistas quando perceberem que seu filho precisa de determinado tratamento.

O que causa a Fimose?

Segundo os especialistas esse problema aparece devido a ferimentos quando criança, como no caso de assaduras nesse local, visando que essas assaduras acabam diminuindo a elasticidade da pele e também faz com que a mesma se contraia, principalmente no caso de cicatrizes. Esse é um dos principais fatores que os médicos colocam como principais para o desenvolvimento desse problema entre a maioria das pessoas.

E assim como o aparecimento, a solução do problema da fimose é muito simples e resolvido em poucas horas em uma sala de cirurgia simples e especial.

O Tratamento da Fimose

O tratamento para a fimose deve ser feito até, no máximo, o sétimo ano de vida. Isso porque, a criança não sentirá nada, uma vez que, a cirurgia é simples e muito fácil de ser feita.

Em todo caso o tratamento vem em forma de uma pequena cirurgia, no qual é retirado um pequeno pedaço dessa pele. Esse tratamento é indicado logo no sétimo ano de vida, porém casos mais complicados são indicados no décimo ano de vida, visando que dessa forma o sistema de recuperação dessa criança está mais desenvolvido.

Deixe seu comentário!