O que afundou o USS San Diego em 1918?

Os cientistas têm trabalhado para resolver um dos mais duradouros mistérios marítimos da era moderna.

Em 19 de julho de 1918, o USS San Diego se dirigia em direção a Nova York e, poucas milhas do porto, foi de repente atingido por uma enorme explosão.

O dano foi tão extenso que o navio afundou em apenas 30 minutos.

Quatro membros da tripulação foram mortos pela própria explosão e outros dois se afogaram, mas notavelmente a grande maioria dos 1.180 homens a bordo sobreviveram, incluindo o capitão que foi o último a sair.

Exatamente o que causou o desastre continuaria sendo um mistério por quase um século.

O navio foi atingido por um torpedo alemão, uma mina na água ou, de forma impensável, um membro da própria equipe do navio teria realizado um ato de sabotagem?

Agora, em uma tentativa renovada de encontrar a resposta, o US Naval History and Heritage Command está implantando um drone subaquático que ajudará a construir uma imagem 3D completa dos destroços do navio.

Se tudo der certo, os dados devem determinar o que realmente aconteceu.

“Definitivamente estamos atraídos por este local por causa do mistério de como ele afundou”, disse o arqueólogo subaquático Alexis Catsambis.

“Nós acreditamos que temos aqui uma oportunidade única, combinando dados científicos e pesquisas arquivísticas para responder a esta pergunta”.

Os resultados serão divulgados durante o 100º aniversário do naufrágio no próximo verão.

Deixe seu comentário!