Novo material estranho engrossa quando esticado

Os cientistas desenvolveram um novo tipo de material sintético com algumas propriedades únicas de alongamento.

O novo material representa um avanço científico, porque é a primeira vez que um material sintético ‘auxético’ é criado sem a necessidade de processos complexos de engenharia.


Materiais auxiliares, que se tornam mais espessos quando esticados, podem ser encontrados em vários lugares da natureza, como na pele de um gato, na camada protetora de conchas de mexilhões e em tendões humanos.

Os cientistas passaram décadas pesquisando materiais auxéticos por causa de seus potenciais benefícios nas áreas de engenharia, medicina e arquitetura.

Eles podem até ser usados ​​para criar armaduras corporais ultra-duráveis.

“Esta é uma descoberta realmente empolgante, que terá benefícios significativos no futuro para o desenvolvimento de produtos com uma ampla gama de aplicações”, disse o principal autor do estudo, Devesh Mistry.

“Este novo material sintético é inerentemente auxiliar no nível molecular e, portanto, é muito mais simples de fabricar e evita os problemas normalmente encontrados em produtos de engenharia”.

“Mas mais pesquisas são necessárias para entender exatamente como elas podem ser usadas.”

Deixe seu comentário!