Múmia descoberta em túmulo inexplorado de Luxor

Arqueólogos descobriram uma múmia não identificada dentro de uma tumba previamente inexplorada perto de Luxor, no Egito.

O túmulo, que foi um de dois descobertos na década de 1990 pela arqueóloga alemã Frederica Kampp, está sendo investigado pelo Ministério das Antiguidades do Egito, com o objetivo de impulsionar o turismo local.

Está situado na necrópole de Dra Abu el Naga, perto do Templo de Hatshepsut e do Vale dos Reis.

“É verdadeiramente um dia excepcional”, disse o ministro das Antiguidades, Khaled al Enany. “Os túmulos privados da 18ª dinastia já eram conhecidos. Mas é a primeira vez que entramos dentro dos dois túmulos”.

A múmia com linho está atualmente não identificada, no entanto, os arqueólogos acreditam que poderia ser o escriba Maati cujo nome pode ser encontrado em cones funerários dentro da câmara retangular do túmulo.

“O túmulo tem um tribunal alinhado com paredes de pedra e barro”, disse o ministério. “Tem um poço de seis metros de profundidade em seu lado sul que leva a quatro câmaras laterais”.

“Estudos revelam que o túmulo foi reutilizado na antiguidade”.

Deixe seu comentário!