Misteriosa ligação feita antes do assassinato de John F Kennedy

Um jornal britânico recebeu um estranho telefonema apenas 25 minutos antes do assassinato de Kennedy.

De acordo com documentos recentemente desclassificados sobre o assassinato de John F Kennedy, um misterioso telefonema foi feito para o repórter sênior da Cambridge News menos de meia hora antes de o presidente ter sido morto em Dallas, no Texas.

Um memorando enviado ao diretor do FBI declarou:

“O Serviço de Segurança Britânico (MI-5) informou que, em 1805GMT, em 22 de novembro, uma chamada telefônica anônima foi feita em Cambridge, Inglaterra, para o repórter sênior da Cambridge News”.

“O interlocutor disse apenas que o repórter da Cambridge News deveria chamar a embaixada americana em Londres para algumas novidades e depois desligou.”

“Depois que a palavra da morte do presidente foi recebida, o repórter informou a polícia de Cambridge da chamada anônima e o policial informou o MI-5. O ponto importante é que a chamada foi feita, de acordo com os cálculos do MI-5, cerca de 25 minutos antes da Presidente ser baleado.”

“O repórter de Cambridge nunca recebeu uma chamada desse tipo antes e MI-5 afirma que ele é conhecido como uma pessoa sadia e leal sem antecedentes”.

Uma possibilidade é que a chamada pode ter vindo de um amigo de Lee Harvey Oswald em Grimsby.

“Isso continua sendo um mistério”, disse o historiador Mike Petty. “Parece haver uma série de repórteres que trabalharam no jornal na época, em 1981, que não se lembravam da chamada”.

“As histórias não tiveram atrasos nesses dias, então não é fácil descobrir agora quem escreveu a história do assassinato de Kennedy na época”.

Deixe seu comentário!