Mistério envolve uma onda de mortes de dentistas

O CDC tem lutado para explicar um conjunto de mortes envolvendo dentistas.

De acordo com um relatório recente, um total de nove dentistas e técnicos de prótese dentária foram tratados em um único centro de atendimento da Virginia nos últimos 16 anos para uma doença pulmonar progressiva conhecida como fibrose pulmonar idiopática.

Até o momento, sete deles morreram como resultado da condição.

O que torna isso particularmente incomum é o fato de que isso representa um por cento do número total de pacientes tratados durante esse período – um número 23 vezes maior do que seria normalmente esperado.

Os pacientes, que eram todos homens, podem ter sido expostos a algo no trabalho, no entanto, o CDC até agora não foi capaz de determinar exatamente o que poderia ser responsável.

“Dentistas e outros profissionais de odontologia têm exposições únicas no trabalho”, disse o principal autor do estudo Dr. Randall J. Nett. “Estas exposições incluem bactérias, vírus, poeira, gases, radiação e outros perigos respiratórios”.

“Neste momento, não sabemos o que causou este conjunto de casos de fibrose pulmonar idiopática no pessoal dentário. Mais trabalho tem que ser feito antes que possamos fazer quaisquer conclusões sobre o risco dentistas ou outros profissionais de odontologia.”

Enquanto isso, os dentistas são aconselhados a usar proteção respiratória certificada para ajudar a reduzir o risco.

Deixe seu comentário!