Mistério envolve a formação de estrelas de alta massa

Ao contrário da nossa compreensão da formação de estrelas, as grandes estrelas não parecem se formar da mesma forma que as menores.

Nas estrelas de baixa massa, que compõem a maioria das estrelas do universo, existe uma relação simples entre a massa da nuvem de gás e poeira que forma a estrela e a da estrela resultante.

No caso de estrelas de alta massa, no entanto, acontece que as coisas podem funcionar de forma diferente.

A descoberta foi feita por pesquisadores que usaram o Atacama Large Millimeter / Submillimetre Array (Alma) no Chile para observar uma região distante de formação estelar conhecida como W43-MM1.

“Essas descobertas foram uma surpresa completa e questionaram a intricada relação entre as massas de núcleos de formação de estrelas e as massas das estrelas em si, que há muito tempo são assumidas”, disse o co-autor do estudo, Dr. Kenneth Marsh.

“Como consequência, a comunidade pode precisar revisitar seus cálculos em relação aos complexos processos que ditam como as estrelas nascem.”

Deixe seu comentário!