Mistério da carta Bixby de Abraham Lincoln foi resolvida

Os linguistas forenses praticamente determinaram quem realmente escreveu a famosa carta da Era da Guerra Civil.

A “Letra de Bixby”, como se tornou conhecida, foi uma carta enviada em 1864 para a residente de Boston, Lydia Bixby, que estava sofrendo com a morte de todos os cinco filhos durante a Guerra Civil Americana.

“Eu sinto o quão fraco e infrutífero deve ser qualquer palavra minha ao tentar amenizar a dor de uma perda tão esmagadora”, afirmou a carta. “Mas eu não posso me abster de lhe oferecer o consolo que pode ser encontrado nos agradecimentos da república que eles morreram ao salvar”.

Mas Abraham Lincoln realmente escreveu a própria carta? Embora a carta tenha sido realmente assinada em nome do presidente, muitos acreditam que foi realmente escrito por seu secretário, John Hay.

Agora, em uma nova tentativa de resolver esse mistério de uma vez por todas, os linguistas forenses da Universidade de Manchester e da Universidade de Aston aplicaram um novo método de análise de ponta conhecido como rastreamento de N-gramas, que funciona procurando por seqüências linguísticas na escrita de uma pessoa.

Ao usar um computador para analisar centenas de exemplos de escrita de Lincoln e Hay, a equipe conseguiu determinar que a famosa carta provavelmente foi escrita por Hay, e não pelo próprio presidente.

“A maior parte do que vemos na carta de Bixby é encontrada na redação de Hay, mas não em Lincoln”, disse a professora de linguagem e lingüística inglesa Dr. Andrea Nini.

Deixe seu comentário!