Missão Grace vai analisar o volume de água da Terra

O lançamento de dois novos satélites em órbita permitirá aos cientistas estudar a evolução do clima do nosso planeta.

Conhecido como a missão de acompanhamento de recuperação de gravidade e experiência climática (Grace-FO), os dois satélites foram lançados da base da Força Aérea de Vandenberg a bordo de um foguete SpaceX na terça-feira.

Enquanto orbitam a Terra, seus instrumentos procurarão pequenas variações na atração gravitacional do planeta devido aos movimentos em massa.

Tais leituras podem ser detectadas quando a terra incha devido a um período prolongado de chuva, ou quando o gelo polar derrete e drena para o oceano devido ao aquecimento global.

Para obter as leituras, a espaçonave irá orbitar através do campo gravitacional da Terra, enquanto a segunda segue 220 km atrás, medindo as mudanças em sua separação para o micron mais próximo.

“Isso é cerca de um décimo da largura de um fio de cabelo humano ao longo da distância entre Los Angeles e San Diego”, disse o gerente do projeto, professor Frank Flechtner.

Monitorar o aumento do nível do mar devido à mudança climática será um dos principais objetivos da missão.

“A perda de massa das mantas de gelo é uma contribuição crescente para o aumento total do nível do mar e, embora os polos sejam remotos, essa perda de massa terá grandes impactos em todo o mundo”, disse a professora Helen Fricker.

“Com o lançamento do Grace-FO, podemos agora continuar a detectar mudanças na massa de gelo, para determinar até que ponto o gelo está sendo perdido e descobrir se houve alguma aceleração.”

Deixe seu comentário!