Maior árvore genealógica de todos os tempos liga 13 milhões de pessoas

Cobrindo 11 gerações ao longo de um período de 500 anos, acredita-se que a árvore genealógica seja a maior já criada.

Fornecendo uma visão para a história genealógica da Europa e América do Norte, a nova árvore também está ajudando os cientistas a entender melhor como os genes desempenham um papel em influenciar a expectativa de vida humana.

Foi criado por uma equipe de cientistas da computação usando dados de genealogia disponíveis publicamente.

“Através do trabalho duro de muitos genealogistas curiosos sobre sua história familiar, nós montamos uma enorme árvore genealógica e boom, surgiu com algo único”, disse o autor sênior Yaniv Erlich.

Os resultados ajudaram a pintar um quadro mais detalhado da imigração através do Atlântico nos últimos séculos, bem como de como isso influenciou o casamento.

Antes de 1750, por exemplo, a maioria dos americanos encontrou um cônjuge a uma distância de seis milhas de seu local de nascimento. Em 1950, essa distância média aumentou significativamente para 60 milhas.

Descobriu-se também que, embora as mulheres tivessem uma tendência a migrar mais que os homens, os homens que migravam tendiam a viajar por distâncias maiores.

Ao incorporar estudos genéticos convencionais em suas descobertas, os pesquisadores também foram capazes de determinar que ter genes “bons” poderia acrescentar uma média de cinco anos à expectativa de vida de uma pessoa.

“Isso não é muito”, disse Erlich. “Estudos anteriores mostraram que fumar tira 10 anos da sua vida. Isso significa que algumas escolhas de vida podem importar muito mais do que a genética”.

Deixe seu comentário!