Leishmaniose – Sintomas e Tratamentos

A leishmaniose é uma doença provocada por um protozoário chamado Leishmania, que invade as células do sistemaimunológico da pessoa infectada, e se reproduz no interior das células. A doença não é contagiosa.
Sintomas da Leishmaniose

Os sintomas variam de acordo com o tipo de leishmaniose contraído, assim como o tratamento, por isso o diagnostico deve ser feito corretamente para saber qual é o tipo de doença contraída.

A doença costuma se manifestar de duas maneiras: a leishmaniose tegumentar (também conhecida como leishmaniose cutânea) e a leishmaniose viceral, também conhecida como calazar.

A leishmaniose tegumentar afeta o nariz, a garganta e a boca, além de provocar lesões na pele. Essas lesões podem se tornar mais graves com a secreção de pus e o aumento significativo de tamanho das feridas. Já a viceral afeta vários órgãos e por isso é conhecida como doença sistêmica – as regiões do corpo mais atingidos são o fígado, a medula óssea e o baço. A evolução da doença é longa e pode demorar mais de um ano.

Como é Transmitida a Doença

A transmissão é realizada através de mosquitos se alimentam de sangue humano. Os mosquitos vetores da doença recebem vários nomes dependendo da região, como tatuquira, mosquito palha, cangalinha, asa branca entre outros.

Como esses mosquitos são muito pequenos eles são freqüentemente capazes de passar por telas e mosquiteiros, e costumam ser encontrados em locais escuros e úmidos, com muitas plantas.

Como Prevenir a Leishmaniose

A melhor forma de prevenção é evitar morar ou ficar em áreas próximas á mata, evitar tomar banho em rios e lagoas, sempre utilizar repelentes ao realizar passeios em matas entre outros cuidados para evitar os mosquitos vetores da doença.

Diagnóstico da Leishmaniose

Assim como a prevenção é necessária para evitar contrair a doença, prestar atenção nos sintomas também é, portanto a pessoa que observar o aparecimento de feridas pelo corpo, ou algum dos outros sintomas da leishmaniose deve procurar imediatamente um médico que vai conseguir confirmar o diagnostico através de exames.

Uma vez diagnosticada a doença o paciente vai receber o tratamento adequado, o que é vital importância, pois se não tratada os sintomas podem se agravar e inclusive levar o paciente à morte.

Ao sentir um ou mais sintomas descritos acima o indicado é procurar o auxílio de um médico especialista o mais rápido possível, assim o problema será tratado de forma ideal e eficaz, tirando os riscos de sequelas e de morte do paciente.

Deixe seu comentário!