Juno captura novas imagens deslumbrantes de Júpiter

A sonda Juno da NASA enviou quatro novas imagens de tirar o fôlego da atmosfera turbulenta do gigante de gás.

A nave espacial de US$ 1,1 bilhão, que chegou em órbita em torno de Júpiter em julho de 2016, capturando as imagens durante um período de oito minutos em seu último voo no início de setembro.

Enquanto a icônica Grande Mancha Vermelha de Júpiter, uma tempestade de grande extensão que tem estado em plena atmosfera do planeta por mais de 350 anos, não é visível nas imagens, outras tempestades turbulentas, bem como as marcas distintivas de nuvens de Júpiter, podem ser claramente visto cobrindo o planeta.

“No momento em que as imagens foram tiradas, a nave espacial variou de 7.545 a 14.234 milhas do topo das nuvens do planeta em uma faixa de latitude de -28.5406 a -44.4912 graus”, escreveu a NASA.

Uma animação que mostra a poderosa aurora do gigante de gás também pode ser vista abaixo.

Deixe seu comentário!