Humanos podem um dia desenvolver glândulas de veneno

Os cientistas acreditam que nossas glândulas salivares têm o potencial de desenvolver a capacidade de produzir veneno mortal.

Quando se trata de prever futuras mudanças evolutivas no corpo humano, você pode ficar tentado a imaginar uma visão aprimorada ou um cérebro maior – mas e quanto à capacidade de cuspir veneno?

De acordo com um novo estudo realizado por cientistas do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade de Pós-Graduação (OIST) de Okinawa e da Universidade Nacional da Austrália, nossas glândulas salivares poderiam um dia evoluir para produzir veneno da mesma forma que muitas outras espécies animais existentes.

“Os sistemas de veneno oral evoluíram várias vezes em vários vertebrados, permitindo a exploração de nichos predadores únicos”, escreveram os pesquisadores.

“No entanto, como e quando eles evoluíram permanece mal compreendido.”

Ao estudar os genes ligados à liberação do veneno em animais, eles descobriram que os mesmos genes e mecanismos físicos eram responsáveis ​​pela liberação do veneno e da saliva em várias espécies.

Não são apenas cobras, sapos e aranhas que produzem veneno – alguns mamíferos também o fazem.

“Enquanto muitas cobras empregam um sistema de veneno oral para prender a presa, também existem mamíferos, como musaranhos e solenodontes, que desenvolveram sistemas de veneno oral (baseados em glândulas salivares) para captura ou defesa da presa”, escreveram os pesquisadores.

Então, os humanos poderiam realmente desenvolver glândulas de veneno no futuro?

Embora pareça improvável que isso realmente aconteça, certamente não é impossível.

Exatamente como usaríamos essa habilidade na vida cotidiana, no entanto, ainda não está claro.

Deixe seu comentário!