Homem que afirma ser Jesus é preso na Rússia

Uma grande operação nesta semana viu uma unidade policial armada atacar para prender o líder de um culto moderno.

Sergei Torop, que já foi oficial de trânsito, mas agora atende pelo nome de Vissarion, afirma que experimentou um ‘despertar’ depois de perder o emprego em 1989 e agora tem milhares de seguidores que acreditam que ele seja a reencarnação viva do próprio Jesus.


Seu movimento, conhecido como a Igreja do Último Testamento, é baseado na região de Krasnoyarsk, na Sibéria, onde seus seguidores vivem em várias aldeias e vilarejos remotos.

“Eu não sou Deus. E é um erro ver Jesus como Deus”, disse ele certa vez. “Mas eu sou a palavra viva de Deus Pai. Tudo o que Deus quer dizer, ele diz por mim.”

As autoridades russas, entretanto, nunca foram fãs – ao invés disso, declararam seu culto uma “organização religiosa ilegal” e acusaram-no de extorquir dinheiro e de submeter seus seguidores a abusos emocionais.

As coisas chegaram ao auge esta semana, quando uma grande operação foi realizada envolvendo helicópteros e policiais armados que invadiram a área e prenderam Vissarion e seus dois principais assessores.

A operação envolveu oficiais do serviço de segurança FSB da Rússia, bem como a polícia.

Vissarion foi visto pela última vez sendo conduzido a um helicóptero por tropas mascaradas.

Exatamente o que acontecerá com ele agora, resta ver.

Deixe seu comentário!