‘Hobbits’ são muito mais velhos do que se pensava

Os cientistas revelaram que o Homo floresiensis foi realmente uma das primeiras formas conhecidas de humano.

Evidências dos misteriosos ‘hobbits’ de Flores, uma ilha na Indonésia, foram descobertas pela primeira vez em uma caverna em 2003 – uma descoberta que se tornaria o tema de muita controvérsia e debate.

Uma das maiores questões em torno da descoberta foi se Homo floresiensis era um ramo do Homo erectus ou se era realmente algo muito mais velho do que isso.

Agora, porém, pesquisadores australianos finalmente conseguiram atualizar esse debate ao revelar que os misteriosos “hobbits” eram de fato um parente do Homo habilis – um antepassado muito mais antigo dos seres humanos modernos que viveram na África há cerca de 1,75 milhões de anos.

Isso faz Homo floresiensis uma das mais antigas formas de humano já descoberto.

“As análises mostram que na árvore genealógica, Homo floresiensis era provavelmente uma espécie irmã do Homo habilis”, disse a Dra. Debbie Argue. “Significa que esses dois compartilhavam um ancestral comum.”

“É possível que o Homo floresiensis tenha evoluído na África e migrado, ou o ancestral comum se mudou da África e evoluiu para Homo floresiensis em algum lugar”