História por trás das escavações secretas do FBI foram reveladas

Documentos recentemente divulgados revelaram o que o FBI estava cavando na Pensilvânia há três anos.

A escavação, que se concentrava em uma área chamada Dent’s Run, há muito permanecia um mistério, com o FBI se recusando a revelar exatamente o que estava procurando no local.


Agora, no entanto, documentos divulgados durante um processo judicial revelaram que a agência estava tentando localizar um grande carregamento de ouro da época da Guerra Civil que foi perdido ou roubado enquanto a caminho da casa da moeda para a Filadélfia em 1863.

O FBI , que recebeu uma denúncia do pai e filho Dennis e Kem Parada, afirma não ter encontrado nada de valor no local, no entanto, os Paradas agora afirmam que a agência tem escondido algo sobre suas descobertas e levou o caso ao tribunal .

Entre as evidências apresentadas está o alegado testemunho de um agente do FBI que revelou a eles que uma “massa” havia sido descoberta “a um ou dois pés do ponto ideal de Denny”. Também há referências nos documentos à procura de um “cache” com o tamanho de “3x5x8 (pés) a 5x5x8”.

O advogado da família, Bill Cluck, agora está pressionando para que mais de 2.400 documentos relacionados à escavação sejam divulgados ao público por meio da Lei de Liberdade de Informação.

O FBI, entretanto, continua inflexível de que nada foi encontrado.

“O FBI rejeita inequivocamente qualquer alegação ou especulação em contrário”, disse um porta-voz.

Deixe seu comentário!