Hidrogênio metálico é criado pela primeira vez

Os cientistas conseguiram espremer o hidrogênio até transformá-lo em um metal.

A descoberta notável foi feita por dois pesquisadores da Universidade de Harvard que usaram diamantes para espremer uma amostra de hidrogênio a pressões maiores do que aquelas no núcleo da Terra.

É um resultado que foi previsto mais de 80 anos atrás por Eugene Wigner e Hillard Bell Huntington, dois cientistas que determinaram que pressões suficientes poderiam transformar hidrogênio em um metal – algo que era impossível provar na época.

“Se esta experiência é reproduzível, ela resolve experimentalmente um dos principais problemas pendentes em toda a física”, disse Jeffrey McMahon da Universidade Estadual de Washington.

Os cientistas por trás da realização agora preveem que o hidrogênio metálico, uma vez criado, pode realmente permanecer em um estado sólido ou líquido, mesmo a temperaturas e pressões normais.

É tão denso, na verdade, que ele poderia até ser um substituto eficaz para combustível de foguetes.